A anulação

outubro 15, 2012


Procuro nas noites sozinha a alma que outrora abracei…humilde, simples e pura. Insana nos sentidos, tremores e suores gritam ao suavizar da dança… Alegria mascavada unida na fúria do crer! O ver para além do cinzento…

Serei a anulação do perfeito de ti… na constante e elegante sobreposição do nosso colorido ser!



You Might Also Like

0 comentários